Bora pra Gran Sabana

Prepare-se, arrume a mochila, pois continuaremos por nossa viagem a Santa Elena de Uairén, lembrando que fica a mais de 200km de Boa Vista, e falaremos de um turismo diferente, o de aventura, caiaque, rapel, parapente e muito mais, que te levarão ao extremo da emoção.

A Gran Sabana é uma região natural localizada no sul da Venezuela, no Planalto das Guianas, na parte sudeste do Estado de Bolívar, estendendo-se até a fronteira com o Brasil.Tem uma temperatura média de 23°C. Nela convivem diversos grupos indígenas, dentre os quais os Pemons.

A Gran Sabana faz parte de um dos maiores Parques Nacionais da Venezuela, o Parque Nacional Canaima, onde se encontra o Salto Ángel que, com quase um quilômetro de altura, é a queda d’água mais alta do mundo. (https://pt.wikipedia.org/wiki/Gran_Sabana)

INDO PARA A GRAN SABANA

Indo a Santa Elena de Uairén, se for em veículo próprio não esqueça de revisá-lo para não acontecer transtornos durante a viagem.

Passando por Santa Elena de Uairén, sede do Município de Gran Sabana, poderá visitar algumas cachoeiras à beira da estrada, também visitar a cachoeira da Água Fria, que o nome não faz jus, deveria se chamar cachoeira da água gelada ou congelada, uma área com várias cachoeiras e que serve como mirante para observar o Monte Roraima e os outros tepuis, e com certeza fazer lindas fotos.

Podemos visitar também a cachoeira de Jaspe que fica a 54Km de distância de Santa Elena, uma ótima cachoeira de massagem, basta sentar debaixo dela e sair relaxado para continuar a viagem, mas não esqueça que as pedras são escorregadias e o repelente que falamos no FICA A DIA aqui vai funcionar direitinho, pois tem muitos puri-puri, que nós conhecemos como pium. Passando daí para visitar outras cachoeiras como a de San Francisco de Yuruani, Salto Pacheco, Salto Kama e outras, é necessário pagar o seguro do carro, e somente o dono do carro poderá conduzir o veículo ou o condutor deverá portar uma autorização do motorista, reconhecida em cartório, aqui mesmo em Boa Vista.

O QUE FAZER

Na Gran Sabana, além de cachoeiras e passeios off-road, em jeep´s 4×4, você também poderá sobrevoar a cidade ou a savana venezuelana com um parapente ou paramotor.

Saindo, da parte do ar, vamos para a água. Uma das cachoeiras mais visitadas, a já falada de San Francisco de Yuruani, fica na comunidade indígena de San Francisco, alguns quilômetros depois da primeira alcabala, a de San Ignácio, não esqueça de ter pago o seguro e da autorização para dirigir caso não seja o responsável pelo veículo.

Esta cachoeira, tem 60 metros de largura e 9 metros de altura, o que possibilita ao visitante passar por baixo dela, será muito bom viver essa experiência, mas tenha cuidado, pois dependendo do período do ano, as águas estão muito fortes e qualquer descuido, poderá causar acidente.

Saindo da cachoeira, vamos pro body rafting, para aprender a como se deixar levar pelas águas, caso caia do bote na hora do rafting ou do caiaque, claro que com um colete salva vidas, essa é uma sensação cheia de emoção. Terminando o curso básico de como se lançar nas corredeiras, agora partimos pro rafting ou caiaque e é hora de enfrentar as corredeiras do Yuruani, a adrenalina rola solta nas veias, e agora é remar, se esquivar das pedras e se lançar dentro do bote na hora em que o guia gritar, PRA BAJO!

É possível fazer rapel em algumas paredes da serra em Santa Elena e em muitas cachoeiras. Também visitar a cachoeira Siete Saltos, que é linda e gigante e o rapel é muito mais perigoso, mas os guias rapeleiros são muito bem instruídos no quesito segurança. Há também excursões para o Monte Roraima e outras regiões da Gran Sabana, inlcuindo o Parque Canaima, que serão temas de outras matérias aqui em seu Roraima ao Extremo.

FICA A DICA

Leve repelente contra inseto tipo creme, pois caso tenha se ralado o repelente tipo spray causará ardor. Leve também protetor solar, calça longa e leve, que possa ser molhada e que não seja preta porque atrai aos mosquitos, e boné ou chapéu.

Leve seus medicamentos pessoais e caso tenha alergia a algo, avise ao guia de turismo ou alguém que estará te acompanhando na viagem.

Qualquer tipo de sapato, algumas pessoas preferem ir de sandália tipo japonesa e meia. Levar uma sacola grande para colocar objetos que não podem ser molhados caso chova no percurso, como câmera fotográfica e/ou celular.

COM QUEM IR

A Clube Native é uma empresa especializada em turismo de aventura e já faz viagens por Roraima e pela Venezeula a mais de 5 anos, e já conquistou o prêmio de levar mais pessoas ao Monte Roraima por dois anos seguidos.

Quer ir conhecer a Gran Sabana, a Clube Native é a melhor opção. Contato 98102-0913 e 98109-6249, ou pelo Instagram @clubenative.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.